10 dicas para surfar em Salina Cruz

Salina Cruz pode ser o destino para uma surftrip perfeita!

Publicada em: 18/02/2021 17:01:05


Falamos em nosso Instagram sobre o filme da Rip Curl recentemente lançado sobre a temporada de Tom Curren em Salina Cruz. É comum que muitas pessoas se interessem pelo local e o coloquem na rota da próxima surf trip. Se você é uma dessas pessoas, vamos dar 10 dicas para que você conheça tudo sobre a cidade mexicana, mesmo antes de pisar por lá: 

 

Dica 01 - Rotas aéreas

Para chegar a Salina Cruz, existem 3 rotas principais: via Lima, via Bogotá e a mais recomendada, direto de Guarulhos para a Cidade do México. 

 

Dica 02 - A chegada

Ao chegar no primeiro destino (Cidade do México), você deverá pegar outro voo para Huatulco, cidade que fica a mais ou menos 3 horas de Salina Cruz. É importante dizer que esse transfer geralmente é oferecido pelos próprios surfcamps para os clientes. 

 

Dica 03 - Faça compras

Já que após uma viagem de avião você ainda precisará pegar a estrada por 3 horas, é recomendado que você se abasteça com água e comida antes de ir para Salina Cruz. 

 

Dica 04 - O dia a dia 

A maioria dos surfcamps trabalha com a modalidade all inclusive (acomodação completa, carro 4x4 e surf guide, que será o responsável a te levar em todos os picos). 

O dia geralmente começa cedo. Antes das 5 todos já estão de pé e já começam a busca pelo primeiro pico do dia. 

 

Uma das responsabilidade do surf guide, além de te levar às melhores praias, é montar uma estrutura na areia, para o pós surf. Salina Cruz é extremamente quente, o que demanda um espaço de sombra e descanso. Além disso, é imprescindível manter a hidratação, alimentação e proteção contra o Sol em dia.  

 

Dica 05 - Regras locais

Como qualquer pico, Salina Cruz tem regras locais. Lá, existe uma associação de surf que foi criada para organizar a prática na área. Uma das principais regras é estar sempre acompanhado por um surf guide, para garantir que os viajantes tenham suporte e estejam em segurança, e tenham acesso aos melhores picos nas melhores condições.

 

Dica 06 - Respeito aos picos

Algo que não é bem visto pelos locais é a divulgação dos picos e rotas. Eles pedem que não haja essa divulgação e pedem que os interessados visitem Salina Cruz para se encantarem pessoalmente pelo local. 

 

Dica 07 -  Temporada

A temporada mais recomendada para visitar Salina Cruz é de maio a setembro, com destaque para maio, junho e julho.

 

Dica 08 - Swell

O melhor swell de Salina Cruz é considerado o de Sudeste e Sul. Já o melhor vento é Oeste e Noroeste. E por fim, a melhor maré é a baixa-média. 

 

Dica 09 - Extensão de viagem

Caso você curta a ideia de estender a viagem, pode separar alguns dias para visitar Puerto Escondido. A cidade é um dos principais destinos do mundo para ondas pesadas e não é muito longe. Para chegar lá, você pode ser deixado em Huatulco e seguir para Puerto Escondido. O local conta com várias opções de pousada na beira da praia e com certeza vale a visita. 

 

Dica 10 - Documentação

Por fim, a documentação necessária é apenas um passaporte com validade de 6 meses a partir da data da viagem. 

 

Com esse post, você já pode começar a planejar sua viagem para Salina Cruz sabendo tudo do local. Quem não gostaria de uma temporada pós pandemia de 100% surf? 

Publicada em: 18/02/2021 17:01:05

Meio da Barra

sexta-feira - 05/03/2021
VELOCIDADE
1.94 kts
DIREÇÃO

ÁGUA
19º
TEMPO
19º

SEJA PREMIUM

Tenha acesso a cameras exclusivas, conteúdos e ao nosso alerta de swell.

ASSINE JÁ